7

Lideranças europeias oficializam certificado digital covid-19

O regulamento que institui o novo certificado digital covid-19 da União Europeia (UE) foi assinado ontem (14) em Bruxelas, na Bélgica. O primeiro-ministro português, António Costa, elogiou o “passo decisivo” para uma recuperação econômica em segurança. A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, e o presidente do Parlamento Europeu, David Sassoli, também estiveram presentes.

Na declaração conjunta, Costa destacou a importância do novo certificado para o restabelecimento das liberdades de movimentação, bem como para a recuperação econômica da região.

“O certificado digital é uma ferramenta inclusiva. Inclui pessoas que se recuperaram da covid-19, pessoas que testaram negativo e pessoas que foram vacinadas. Agora podemos viajar de forma segura. Segura para nós, para aqueles que nos recebem e para as nossas famílias, vizinhos e colegas, quando regressamos”, afirmou o primeiro-ministro de Portugal. Ele lembrou, no entanto, que as regras sanitárias devem continuar a ser cumpridas.

A presidente da Comissão Europeia destacou o simbolismo da data, já que o Acordo de Schengen (convenção entre países europeus sobre uma política de abertura das fronteiras e livre circulação de pessoas entre os países signatários) foi assinado há precisamente 36 anos, em 14 de junho de 1985.

Ursula von der Leyen salientou que este novo documento tem como propósito apoiar os países após o período mais difícil da pandemia, em que houve grandes restrições nas viagens. “Desenvolvemos este certificado em tempo recorde. Vai fazer com que viajar seja mais fácil e vai dar de volta aos europeus as liberdades que tanto estimam”, afirmou ela.

O presidente do Parlamento Europeu, David Sassoli, disse que essa resposta constitui um “instrumento justo” que permite a todos os cidadãos, de forma “igualitária e não discriminatória, um regresso à vida normal”.

 

CERTIFICADO

O novo certificado digital entra em vigor a partir de 1º de julho, mas já começou a ser entregue em vários países da UE.

O instrumento não é obrigatório para quem pretende viajar, nem é considerado “um documento de viagem”, mas poderá facilitar os deslocamentos dos europeus. Ele servirá para atestar que o seu detentor cumpre um dos seguintes requisitos para viajar sem restrições: ou já foi vacinado, ou se recuperou de uma infecção ou testou negativo para covid-19. Pode ser pedido por qualquer pessoa em uma dessas três situações, evitando eventuais quarentenas.

O Certificado Digital Covid-19 estará disponível em duas versões, digital e papel, e será de acesso gratuito. Fica disponível numa língua nacional e em inglês e é válido em todos os países da União Europeia e do espaço Schengen.

 

Fonte: www.panrotas.com.br

6

Brasileiro quer voltar a viajar no pós-pandemia, mesmo com protocolos

Uma nova pesquisa da Booking.com revelou que para 63% dos brasileiros, viajar tornou-se mais importante agora do que antes da pandemia do covid-19. Os viajantes estão dispostos a trabalhar em busca de um objetivo comum.

Confira abaixo alguns dados apontados pela pesquisa.

  • 70% dos brasileiros afirmam que aceitariam comprovar que foram vacinados para poderem viajar;
  • 77% aceitariam usar máscara durante a viagem;
  • 75% apoiariam a diretriz “sem máscara, sem viagem”;
  • 69% dos entrevistados do País estariam dispostos a viajar apenas em pequenos grupos, de duas a seis pessoas;
  • 20% dos brasileiros disseram que planejam usar créditos/vouchers de viagens canceladas em vez de pedir um reembolso;
  • 18% pretendem comprar vouchers para a família e os amigos usarem quando for seguro de novo;
  • 42% planejam escolher destinos menos frequentados;
  • 27% querem reservar acomodações independentes;
  • 16% buscariam acomodações em sua própria cidade, ou próxima a ela, para apoiar o comércio local.

Enquanto isso, 70% dos parceiros de acomodação da Booking.com ao redor do mundo estão “cautelosamente otimistas sobre o futuro dos negócios”. Enquanto 62% esperam ver um aumento no interesse por viagens em 2021, eles continuam fazendo sua parte para garantir que os viajantes se sintam seguros. Inclusive, quase 70% dos meios de hospedagem entrevistados globais aumentaram as medidas de saúde e segurança, além de terem aprimorado os processos de limpeza em suas propriedades.

Fonte: www.panrotas.com.br

3

Evento on-line beneficente debaterá tendências do Turismo

Com o objetivo de olhar, discutir e pensar sobre o futuro do Turismo, gastronomia e entretenimento; o evento Tendências 360 realiza a sua segunda edição on-line nos dias 27 a 29 de julho. Com novidades, a programação deste ano é focada nos temas Fun, Food e Travel (entretenimento, gastronomia e viagens) e trará palestrantes nacionais e internacionais, além de cases de empresas inovadoras e painéis para debater as principais tendências destes segmentos.

“Nosso propósito é compartilhar conhecimento relevante sobre as transformações de comportamento e consumo destes setores, especialmente pensando na retomada pós-vacina. Além disso, queremos ter papel ativo na contribuição para um mundo melhor, por isso, 100% dos ingressos serão revertidos para ONGs que estão fazendo trabalhos incríveis neste sentido”, comentou a sócia-diretora da Mapie e uma das realizadoras do evento, Carolina Sass de Haro.

A programação completa já está disponível no site do evento e conta com nomes como Ailin Aleixo, jornalista gastronômica, criadora do Vai se Food e jurada da versão brasileira do Top Chef; Luis Justo, CEO do Rock in Rio; Tom Marchant, CEO da empresa de Turismo de luxo Black Tomato; Mellanie Fontes-Dutra, biomédica e pesquisadora da Rede Análise Covid-19; e Bill Aulet, professor do MIT e autor do best seller Empreendedorismo Disciplinado.

O evento também reunirá diversos especialistas em seus painéis sobre tendências como alimentação para imunidade, viagens para escapar, a força dos eventos híbridos, o desejo de celebrar na retomada dos festivais e eventos presenciais, as viagens por assinatura, a força dos e-sports e games, a alimentação e o Turismo sustentável e responsável e muito mais. Como casos internacionais empresas como SxSW, Hacker Paradise, Primavera Sound, BeRightBack, The Travel Foundation, Gameloft, também fazem parte da programação.

As ONGs beneficiadas estão associadas aos setores foco do evento. A Garupa foi escolhida para representar o Turismo, a Gastromotiva para a gastronomia e Instituto Playing for Change para o entretenimento.

O evento tem dois tipos de ingressos. O on-line custa R$ 59 e dá acesso a todo conteúdo ao vivo e por 30 dias e o ingresso digital, que custa R$ 119. Neste formato, adicionalmente, participantes recebem um kit de tendências, possibilidade de download das video trends e um relatório de tendências completo, além de algumas surpresas.

As inscrições podem ser feitas no site e o evento acontece nos dias 27, 28 e 29 de julho das 14h às 18h.

 

Fonte: www.panrotas.com.br

9

Aeroporto de Campo Grande muda local de check-in para nova área

A partir do último domingo (6), os passageiros que forem embarcar no Aeroporto Internacional de Campo Grande deverão seguir para a nova área de embarque, localizada no novo Terminal. As empresas aéreas Azul, Gol e Latam passarão a atender em seus novos balcões de check-in, com equipamentos modernos e eficientes. O desembarque dos passageiros, por ora, será mantido no antigo terminal.

 

OBRAS NO AEROPORTO

A Infraero está realizando as obras de reforma, modernização e ampliação do Aeroporto de Campo Grande. Com investimento de R$ 39,9 milhões, o escopo da obra contempla a elaboração dos projetos básicos e executivos; a reforma, ampliação e modernização do terminal de passageiros; a construção de nova Central de Utilidades, Central de Gás e Reservatórios; além da adequação das vias de acesso ao aeroporto.

Ao fim das obras, o terminal de passageiros estará 65% maior, passando de 6.185 m² para 10.027 m²; a sala de embarque passará de 480 m² para 1.740 m²; e o saguão de 1.508 m² para 2.916 m². A climatização do terminal será modernizada, assim como os sanitários. Além disso, o terminal contará com projetos de sustentabilidade através do reaproveitamento da água da chuva e do sistema de climatização.

 

Fonte: www.panrotas.com.br

8

Região de Orlando prevê melhor trimestre para Turismo e Eventos

O condado de Orange, na Flórida, que abrange cidades como Orlando, Lake Buena Vista, Winter Garden, Williamsburg, Winter Park e Doctor Phillips, entre muitas outras, retirou o estado de emergência, em vigor há 15 meses, desde o começo da pandemia. Em apresentação esta manhã, o prefeito do condado, Jerry L. Demings, celebrou dados da retomada, como a taxa de desemprego que despencou de 22,6% para 5,6%; e o Aeroporto de Orlando, que já é um dos cinco mais movimentados dos Estados Unidos, depois de uma queda de 97% no tráfego de passageiros, no auge da pandemia.

Ele também destacou que os investimentos estão de volta, e citou os três gigantes do setor de parques temáticos: SeaWorld Parks, Universal Orlando e Walt Disney World. Somente o Universal Epic, novo parque da Universal, irá gerar 14 mil empregos fixos, além de outros milhares na construção.

O prefeito também mencionou as inaugurações na Disney, que comemora 50 anos em Orlando, e terá novas atrações ainda este ano, como Ratatouille e o hotel-experiência de Star Wars (Galactic Starcruiser). No SeaWorld o destaque futuro será a atração Ice Breaker, que será inaugurada este ano.

Orlando e região receberam 75 milhões de turistas em 2019 e 35 milhões em 2020, mas o prefeito acredita na retomada dos negócios de Turismo e Hospitalidade já neste verão.

Empresas como Amazon, KPMG, White Castle, entre outras, também continuam a investir na região, com expansão de sedes e negócios. O condado criou um fundo de US$ 2 milhões para estimular a chegada de empresas fora do segmento de Turismo e Hospitalidade, aumentando a diversidade de negócios no Orange County. Ciências, vídeo-game, e-esportes, energia e meio ambiente são segmentos que já aumentaram sua presença na região, que conta com 1,4 milhão de residentes. Mais da metade (55%) da população elegível (acima de 16 anos) já tomou ao menos uma dose da vacina contra a covid-19.

O centro de convenções da cidade já tem agendados 84 eventos, para mais de 930 mil participantes, gerando mais de 1,3 milhão de room nights na hotelaria. O terceiro trimestre promete ser o mais aquecido desde 2019 para o setor de eventos em Orlando.

O prefeito deve anunciar em breve também uma mudança de fase na região (em relação ao controle e combate à covid), o que vai significar a retirada da exigência de máscaras em ambientes fechados e o fim do distanciamento físico obrigatório. Com isso, os parques temáticos poderão voltar a operar em capacidade máxima e sem a necessidade de exigirem máscaras em ambientes fechados.

 

Fonte: www.panrotas.com.br

7

Santa Catarina avança na criação de protocolos para eventos-testes

O Grupo de Trabalho (GT) que discute a retomada de eventos no Estado de Santa Catarina, formado pela Santur, Secretaria de Estado da Saúde e representantes de entidades do segmento, teve mais uma reunião na última quarta-feira (2), para avançar nas tratativas sobre a realização de eventos-testes. Uma proposta detalhada de quatro atividades e as medidas sanitárias aplicáveis a cada uma, foi encaminhada para análise de especialistas da Saúde.

Além da realização de um congresso, um evento cultural, uma feira e um jantar, será incluído nos testes uma atividade esportiva, promovida pela Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), que também participou da reunião desta quarta-feira.

Outro avanço importante foi o anúncio de que Santur está finalizando a contratação da ferramenta de rastreamento que será disponibilizada para monitorar a participação de público nesses eventos.

“Para a próxima reunião do GT planejamos trazer um representante da empresa contratada para explanar sobre o funcionamento da ferramenta e sanar dúvidas. Também estamos discutindo com a Saúde sobre o acesso à base de dados para o monitoramento”, afirmou o assessor especial da Santur, Renê Meneses.

Sobre a data dos eventos-testes, o grupo sinalizou a possibilidade de realizá-los entre julho e agosto, dependendo do panorama da pandemia no Estado.

“Além de protocolos para cada tipo de evento, vamos sempre levar em conta o cenário da pandemia, para no momento oportuno avançar na retomada dos eventos do Estado com segurança”, disse a diretora da Vigilância Sanitária, Lucélia Kryckyj.

Ainda, a participação da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) no GT está sendo articulada. O objetivo é que a instituição colabore com a metodologia de monitoramento e avaliação de todas as etapas das atividades – antes, durante e depois.

Das entidades, estavam representadas na reunião a Associação Brasileira de Empresas de Eventos (Abeoc-SC), Associação Brasileira de Promotores de Eventos (Abrape-SC), União Brasileira de Feiras e Eventos de Negócios (Ubrafe), Federação dos Convention & Visitors Bureau de Santa Catarina, Floripa Convention/Fortur, Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel-SC), Senac, Fecomércio-SC e Associação Brasileira de Corridas de Rua e Esportes Outdoor (Abraceo).

 

Fonte: www.panrotas.com.br

gol

Gol retoma sete cidades e aumenta oferta em 36% em junho

A Gol Linhas Aéreas sente aumento da demanda em junho. A companhia contará com 300 decolagens diárias, alta de 36% ante maio, e espera, gradualmente, 400 até o fim do mês. Os cinco hubs da Gol reassumem a conectividade para todo o País, enquanto as bases regionais se comunicam com o aeroporto de Guarulhos. Mais de 54 mil assentos serão disponibilizados diariamente neste mês.

São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Fortaleza e Salvador compõem movimento ascendente da Gol, que a companhia classifica como “cauteloso”. Essas capitais retomam o papel de pilar de conectividade da aérea, respondendo por 62% de sua capacidade prevista para junho.

Entre as bases regionais que estavam suspensas, sete retomam a atividade neste mês, todas com voos a Guarulhos: Caldas Novas (GO), Campina Grande (PB), Caxias do Sul (RS), Londrina (PR), Montes Claros (MG), Sinop (MT) e Uberlândia (MG). Esta última também terá voos a Brasília.

DO GALEÃO AO NORDESTE
Dentre os hubs, o RIOgaleão passa a contar com novos voos da Gol para sete capitais do Nordeste: Aracaju, Fortaleza, João Pessoa, Maceió, Natal, Recife e Salvador. O terminal carioca também ganha nova oferta de decolagens para o Sul e Sudeste, em destinos como Belo Horizonte, Curitiba, Foz do Iguaçu (PR), Florianópolis, Navegantes (SC) e Porto Alegre.

HUB DE FORTALEZA
Em seu principal centro de distribuição nordestino, a Gol amplia a quantidade de voos sem escala, principalmente para o aeroporto de Congonhas, além de nova oferta para Salvador, Recife, Manaus, São Luís e Rio de Janeiro.

EM SALVADOR
Já na capital baiana, até meados de junho, a Gol volta a oferecer voos diretos para sete capitais em quatro regiões do Brasil: Goiânia, João Pessoa, Natal, Palmas, Porto Alegre, São Luís e Teresina.

Haverá ainda, em Salvador, mais opções de decolagens para 15 destinos atendidos atualmente: Aracaju, Porto Seguro, Ilhéus (BA), Maceió, Vitória da Conquista (BA), Brasília, São Paulo (Congonhas e Guarulhos), Belo Horizonte, Fortaleza, Rio de Janeiro (Santos Dumont e RIOgaleão), Recife, Campinas (SP) e Vitória. A previsão é ampliar de 14 para 20, em junho, o número de decolagens diárias para essas cidades.

A aérea assegura que todos os protocolos exigidos à indústria de aviação em relação à pandemia são seguidos em seus voos.

 

Fonte: www.panrotas.com.br

gru

Prefeito de Guarulhos pede fechamento do aeroporto por 15 dias

O prefeito de Guarulhos, Gustavo Henric Costa (PSB), mandou um ofício solicitando o fechamento temporário do Aeroporto de Guarulhos (GRU) aos ministros da Defesa, Braga Netto, e da Saúde, Marcelo Queiroga. O pedido foi feito devido à “demora na adoção de medidas sanitárias para impedir a entrada no Brasil de pessoas infectadas com a variante indiana do coronavírus”. As informações são do G1.

No documento, o prefeito argumenta que, “com o aparecimento da nova cepa indiana docovid-19 e estando em andamento a vacinação no grupo prioritário dos aeroportuários, solicitamos o fechamento do espaço aéreo para voos comerciais (exceto transportes de cargas), mais especificamente a suspensão de todos os pousos e decolagens de voos internacionais de passageiros no Aeroporto de Guarulhos pelos próximos 15 dias, a fim de evitar que passageiros advindos do exterior propaguem novas cepas no desembarque”.

Costa afirma que circulam no aeroporto aproximadamente 1,5 milhão de pessoas por mês e que com o aparecimento da nova cepa, o fechamento temporário do aeroporto evitaria que passageiros vindos do Exterior propaguem novas cepas. Caso o pedido não seja aceito, o prefeito solicita a elaboração de novo protocolo fortalecendo a barreira sanitária no aeroporto.

Segundo o Ministério da Saúde, no Brasil, sete pessoas estão infectadas com a cepa indiana do coronavírus, chamada de B.1.617, mas todos se contaminaram no exterior.

No Estado, as medidas começaram só no Aeroporto de Congonhas, controlado pela prefeitura de São Paulo. Técnicos checam a temperatura de quem desembarca e orientam os passageiros sobre o que deve ser feito se tiverem sintomas de covid. A Anac afirmou que a decisão sobre medidas sanitárias em aeroportos é de responsabilidade da Anvisa.

 

Fonte: www.panrotas.com.br

C

Copa America 2021 será jogada no Brasil

A Copa America 2021, que seria jogada na Argentina, mudou de sede. O Brasil, que recebeu a última edição do campeonato, em 2019, novamente será o palco do torneio, em uma decisão tomada às pressas pela Confederação Sul-Americana de Futebol, a Conmebol. As datas de início e término do torneio serão 11 de junho e 10 de julho

“A Conmebol informa que, em atenção às circunstâncias presentes, resolveu suspender a organização da Copa América na Argentina”, aponta a confederação, que, ao anunciar o Brasil como novo país-sede, aponta: “as cidades e a tabela serão informadas nas próximas horas”, aponta a confederação.

 

Fonte: www.panrotas.com.br

9

Azul anunciará wi-fi grátis a bordo nos próximos dias

A Azul Linhas Aéreas está prestes a anunciar o Modo Azul, programa de wi-fi grátis em suas aeronaves. Na próxima quinta-feira (27), a companhia aérea anunciará oficialmente o benefício, com a presença de seu diretor de Experiência do Cliente, Marco Barbosa, em Belo Horizonte.

“O Modo Azul transformará o famoso Modo Avião em um recurso mais conectado, divertido e cheio de entretenimento. O programa oferecerá wi-fi grátis nas aeronaves, se juntando à já conhecida TV ao vivo com mais de 40 canais e aos memoráveis snacks da Azul”, divulga a companhia.

 

Fonte: www.panrotas.com.br