Imprevistos em viagens

Viagens Corporativas: 7 dicas para evitar imprevistos

Enviar colaboradores para fechar vendas em viagens de negócios é uma prática comum na sua empresa?

As viagens corporativas, mesmo para os mais experientes, reservam surpresas muitas vezes desagradáveis, que fogem ao controle e podem prejudicar a produtividade do colaborador viajante.

No entanto, é possível minimizar problemas e se preparar melhor para quaisquer imprevistos.  Confira o artigo e descubra como evitar imprevistos em viagens corporativas:

 

  1. Bagagem: leve apenas o essencial

Na maioria dos casos, as viagens de trabalho duram poucos dias, sendo possível fazer uma mala enxuta, com apenas itens essenciais.

Para não errar, verifique previamente o clima do seu destino final para fazer uma mala otimizada. Prefira bagagens de bordo, que não necessitam serem despachadas.

A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) assegura a franquia de bagagens de mão de até 10 kg para cada pessoa. O que significa que qualquer passageiro tem o direito de levar consigo dentro da aeronave uma bagagem de mão sem nenhum custo: desde que não exceda os 10kg previstos em seu código.

Além disso é imprescindível cumprir as normas de dimensão de malas de mão.  Aqui no Brasil, as companhias aéreas exigem malas com dimensões máximas de: 55 cm x 35 cm x 25 cm (altura, largura e comprimento), incluindo rodinhas, alças e/ou bolsos.

Além disso, uma bagagem com menos itens e que pode ir com você dentro da cabine, evita o temido extravio de bagagens ou avarias.

Apesar da perda de malas por parte das companhias ter diminuído muito nos últimos anos com a adoção de novas tecnologias de rastreio, cerca de 25 milhões de bagagens não chegam aos seus donos. Um transtorno imenso que você pode evitar ao adotar malas de bordo.

É preciso ficar atento também aos itens que você pode levar dentro dela. A lista varia de destinos nacionais e internacionais. No entanto, a ANAC adverte o transporte de objetos cortantes, inflamáveis, explosivos ou que sejam considerados perigosos e que ponham a segurança de todos em risco. Para destinos internacionais, é proibido levar frascos de líquidos superiores a 100 ml.  Caso surja alguma dúvida, fale com a empresa aérea previamente e evite transtornos.

Se ainda assim você precisar despachar alguma bagagem, é importante lembrar de não colocar nela objetos eletrônicos ou itens de valor como joias, relógios, dinheiro, celulares ou computadores de bordo. Leve-os com você numa mochila ou mala de mão. Não se esqueça de colocar um cadeado para maior segurança e pese sua mala antes de sair de casa. Saber o peso evita surpresas desagradáveis e assegura que ela não exceda o limite contratado.

 

  1. Planejamento prévio

Planejar a viagem de férias é algo natural para você? Pois é. Muita gente, logo depois de escolher o destino para descansar, mergulhe fundo no planejamento, escolhendo locais para visitar, pesquisando hotéis e selecionando os melhores trajetos para garantir que nada dê errado neste período. Então, por que não fazer o mesmo com viagens corporativas?

Antes de representar a empresa em um novo destino, pesquise sobre o lugar. Saber sobre língua, a religião predominante do local, o clima, hábitos alimentares e fatores geográficos pode fazer toda a diferença.

Converse com colegas que já visitaram o local e evite transtorno. Conferir as datas comemorativas do lugar a ser visitado também pode te ajudar a antecipar problemas. Fique atento.

 

  1. De olho nos eletrônicos

A gente sabe que equipamentos eletrônicos são indispensáveis para qualquer viajante. Em viagens corporativas muitas vezes é preciso levar um verdadeiro arsenal. Celulares, notebooks, tablets…

Por isso, é ainda mais importante cuidar bem deles desde o transporte até o manuseio no hotel.

Para começar, carregue previamente todos aqueles que necessitam de bateria. Saia de casa com a carga completa e certifique-se de levar baterias extras também carregadas caso você as tenha.

É muito importante conferir a voltagem de eletricidade do lugar que você vai. Aqui no Brasil, ela varia em cada estado, podendo ser 220v ou 110v. Saber a voltagem evita que você queime os seus equipamentos e garante a produtividade em qualquer lugar no mundo.

Ficar de olho nos plugues e tomadas é fundamental para viajantes que dependem de aparelhos eletrônicos para a realização de um bom trabalho. No Brasil, o Inmetro regulamentou a comercialização de apenas dois modelos de plugues e tomadas. Mesmo assim, é importante levar consigo adaptadores para garantir o seu conforto e produtividade. Para viagens internacionais, escolha adaptadores universais. Assim você evita imprevistos.

 

  1. Conectado em qualquer lugar

Se você está munido de equipamentos eletrônicos, sem dúvida a internet e o celular são itens de prioridade máxima em suas viagens de trabalho.

Por isso, antes de arrumas as malas, fale com a sua operadora de telefone para falar sobre roaming e planos de dados e voz.

Isto porque, usar o seu celular sem antes consultar sua operadora no Brasil pode acabar custando caro.

Pondere também a aquisição de um chip local. Detalhes como esses vão ajudar você a realizar o seu trabalho em qualquer lugar do mundo sem atropelos.

 

  1. Cartões de crédito e dinheiro

Se a sua viagem será em território nacional, operadoras de cartão de crédito não precisam ser avisadas quanto ao seu deslocamento.

No entanto, se a sua viagem é para o exterior, é fundamental verificar a moeda local antes de viajar e ficar atento ao câmbio. Levar dinheiro é sempre mais vantajoso de um modo geral devido a inexistência de taxas de cartão, por exemplo. No entanto, você fica mais vulnerável quanto a perdas e furtos.

Se a escolha é o cartão, avise sua operadora antes de sair e verifique se o seu cartão é aceito no seu destino. Fique atento às taxas cobradas para não se surpreender com valores altos demais na fatura.

 

  1. Contrate um seguro viagem

Imprevistos acontecem e ninguém está livre deles. Ainda que você seja jovem, esteja com a saúde em dia e viaje com frequência, ninguém pode prever acidentes ou doenças. Boa parte dos destinos internacionais exige a contratação de um seguro viagem, mas essa prática é esquecida em deslocamentos nacionais, o que pode ser um verdadeiro problema.

Com um bom seguro, você evita que problemas fáceis de resolver tornem-se grandes (e caros) em pouco tempo e, de quebra, estreita o relacionamento entre empresa e colaborador. Invista!

 

  1. Procure uma Agência de Viagens

Não importa o tamanho nem o setor de sua empresa. Contar com uma agência de viagens corporativas vai tornar as viagens da sua empresa mais assertivas, otimizadas e práticas. A Nix Travel é uma empresa responsável, que cuida das viagens corporativas de corporações do Brasil inteiro com cuidado e de forma customizada.

Com atendimento exclusivo e soluções rápidas, a Nix Travel garante a desburocratização de processos para viagens de sucesso.

Fale com a Nix Travel e garanta viagens de trabalho cada vez mais produtivas para a sua equipe.

 

Comments are closed.