Notícias sobre Turismo

O que é Etias? Veja tudo sobre a autorização de viagem à Europa

O ETIAS Europa é a autorização necessária para entrar em alguns países europeus, funcionando como uma espécie de ‘visto’ que se torna obrigatório para brasileiros em 2023.

A Europa é um destino de viagem dos sonhos de muitos turistas. Afinal, esse continente, além de possuir lugares lindos e grandes atrações, oferece fronteiras próximas entre seus países: é possível conhecer diferentes culturas próximas umas às outras.

No entanto, os países da Europa estão reforçando a segurança de suas fronteiras, além de monitorar os viajantes que chegam aos seus países. Por esse motivo, a União Europeia criou o Etias Europa.

Mas não se preocupe: isso não afetará seus planos de conhecer a Europa, é apenas um documento a mais que você precisará obter antes de viajar. Neste artigo, vamos explicar tudo o que você precisa saber sobre o Etias Europa. Portanto, acompanhe a leitura até o final!

O que é o ETIAS?

A sigla ETIAS significa Sistema Europeu de Informações e Autorizações de Viagem e consiste em uma forma que alguns países da União Europeia encontraram para fortalecer a segurança das fronteiras e controlar o fluxo de imigrantes aos países.

O Etias Europa funciona como um visto que irá autorizá-lo a entrar e a circular livremente nos países de Schengen.

Quais países europeus vão exigir o ETIAS?

Os países que irão exigir o ETIAS compõem o Espaço de Schengen, que consiste em um grupo de nações que assinaram o tratado de Schengen. Esse acordo visa regularizar a circulação de pessoas, serviços, bens e valores entre os países.

Atualmente, a Europa não exige visto de pessoas de 62 nacionalidades. O ETIAS procura, portanto, regularizar essa questão. Os 26 países abaixo fecharam esse acordo e passam a exigir o documento:

Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Hungria, Islândia, Itália, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Noruega, Países Baixos, Polônia, Portugal, República Checa, Suécia e Suíça.

Os países europeus que não assinaram o tratado de Schengen e não exigem o ETIAS Europa para acessar são:

Irlanda, Croácia, Bulgária, Chipre e Reino Unido.

Além disso, existem lugares que estão dentro do espaço, mas não aderiram ao tratado, tais como:

  • Groenlândia e Ilhas Feroé, pertencem à Dinamarca;
  • Guernsey, ilha de Man, Jersey ou outro território ultramarino pertencente ao Reino Unido;
  • Helgoland, na Alemanha;
  • Monte Athos, na Grécia;
  • Svalbard, na Noruega.

Quais países precisam do ETIAS para entrar em determinados destinos Europeus?

Os 62 países nos quais a população precisa emitir o ETIAS para entrar em determinados territórios europeus são:

Albânia, Antígua e Barbuda, Argentina, Austrália, Bahamas, Barbados, Bósnia e Herzegovina, Brasil, Brunei, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Dominica, El Salvador, Geórgia, Granada, Guatemala, Honduras, Hong Kong, Israel, Japão, Kiribati, Macau, Malásia, Ilhas Marshall, Ilhas Maurício, Macedônia (Norte), México, Micronésia, Moldávia, Montenegro, Nauru, Nova Zelândia, Nicarágua, Palau, Panamá, Paraguai, Peru, Saint Kitts e Nevis, Saint Lucia, Saint Vincent, Samoa, Sérvia, Seychelles, Singapura, Ilhas Salomão, Coreia do Sul, Taiwan, Timor Leste, Tonga; Trindade e Tobago, Tuvalu, Ucrânia, Emirados Árabes Unidos, Estados Unidos da América, Uruguai, Vanuatu e Venezuela.

Como funciona o ETIAS?

Com o ETIAS, o turista recebe a autorização de permanecer por 90 dias no espaço desses países, a cada 180 dias. Agora, se esses 90 dias forem ultrapassados, o turista precisará emitir uma nova autorização específica, que pode ser para viagens de turismo, negócios, trânsito ou estudo.

Porém, vale ressaltar que se o turista for transitar entre os estados membros, ele precisa se certificar de visitar primeiro o país informado no formulário – requisito obrigatório do sistema.

Ao cumprir este requisito, ele poderá circular livremente durante o período de 90 dias corridos.

Como fazer a solicitação do seu ETIAS Europa?

Para solicitar o ETIAS Europa, é preciso preencher um formulário online com os dados pessoais e responder a um questionário que estará disponível no próprio site que emite a autorização.

Contudo, para requerer a sua, você precisará atender os seguintes critérios:

  • ter um passaporte válido;
  • apresentar um endereço de e-mail;
  • possuir um cartão de débito ou crédito para o pagamento da taxa.

O ETIAS Europa terá o valor de ¢7, porém essa taxa dependerá das exigências de autoridades europeias e possíveis encargos administrativos. 

Após preencher o formulário e realizar o pagamento, o visto será válido por 3 anos, ou até o vencimento do passaporte. Portanto, durante este período, você poderá viajar e circular entre os países dentro das condições estipuladas pelo sistema.

Finalizados esses 3 anos, é possível renovar o seu visto ETIAS, mas será necessário realizar um novo pagamento da taxa. A boa notícia é que, segundo o site oficial informou em 2022, esse valor não deverá sofrer alterações nos próximos anos.

A partir de quando o ETIAS Europa entrará em vigor?

O Etias Europa entrará em vigor no final de 2022, tornando-se obrigatório em 2023.

Sendo assim, 2022 será um período de transição, por isso pessoas que possuem viagens marcadas para 2023 precisam ficar atentas a fim de solicitar seu ETIAS a tempo.

O ETIAS é a garantia de que a sua viagem será segura, promovendo todo o bem-estar que você merece. Dessa forma, não hesite em solicitá-lo assim que a medida entrar em vigor. 

Além disso, você não precisará mais apresentar sempre o passaporte entre as fronteiras dos países do espaço de Schengen, uma vez que o ETIAS garante a livre circulação. Portanto, o ETIAS Europa proporcionará alguns benefícios interessantes aos viajantes, não é mesmo?

Agora que você já sabe o que é ETIAS, esse é o momento de garantir a reserva para uma viagem inesquecível à Europa. E, por que não se preparar para visitar o inverno Europeu? Afinal, como vimos, solicitar o ETIAS não é tão complicado como parece.

Fonte: www.maxmilhas.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.