8

CEO da Azul acredita em retomada rápida e boom de viagens domésticas

O presidente da Azul Linhas Aéreas, John Rodgerson, acredita em uma rápida recuperação do setor da aviação e num boom de voos domésticos ainda este ano. Em entrevista concedida à CNN Brasil, o executivo argumentou que há um forte desejo de viajar entre os brasileiros e que a evolução da vacinação deve resultar alta movimentação nos aeroportos do País.

“Pensem quantas luas de mel e casamentos não aconteceram, quantos avós não viram seus netos nascerem, quantas pessoas têm vontade de sair de casa e conhecer praias lindas”, disse Rodgerson na entrevista ao canal Business da emissora.

De acordo com Rodgerson, em dezembro, em um País ainda sentindo os efeitos da pandemia e sem ter iniciado a vacinação, a empresa conseguiu reativar 90% de sua malha. Para ele, esse dado é um indício de como há vontade de viajar e como a retomada deve se dar de maneira veloz.

“A covid tirou um ou dois anos de vida de muita gente e a vida de muitas outras. Acho que ao serem vacinadas as pessoas vão dizer: puxa, quero aproveitar mais a vida, ver as belezas do Brasil. E com o a alta do dólar, temos essa demanda reprimida viajando nacionalmente”, reforça.

O presidente da Azul ainda demostrou preocupação com a falta de apoio do governo brasileiro com as companhias aéreas. O executivo pondera que em muitos países essas empresas têm sido auxiliadas pelo governo, o que não acontece por aqui e pode acabar resultando na diminuição da competitividade das empresas do Brasil.

“Quando a gente voa para Nova York, Miami, esses lugares, estou concorrendo com empresas que receberam subsídio. Nem estamos pedindo isso aqui no Brasil, só não queremos ter impostos a mais como acontece no nosso setor”, disse à CNN.

 

Fonte: www.panrotas.com.br

Comments are closed.